Grupo RBS de Eduardo Sirotsky Melzer celebra nova estratégia de comunicação com show de Preta Gil

Uma nova estratégia do Grupo RBS – presidido, atualmente, por Eduardo Sirotsky Melzer – alinhada aos conceitos mais contemporâneos da indústria da comunicação, que possui como objetivo conectar marcas e consumidor, foi celebrada pelos profissionais do mercado de comunicação, clientes, comunicadores e colaboradores da empresa, no último dia 10 de maio.

A comemoração aconteceu na capital gaúcha Porto Alegre, no centro de eventos do BarraShoppingSul, e contou com a participação de cerca de 400 convidados – teve até show especial da cantora Preta Gil, filha do músico brasileiro Gilberto Gil. O evento foi após a Convenção de Vendas do Grupo RBS, que, no período da tarde, teve o humorista Marcelo Adnet como mestre de cerimônias. Ao decorrer do encontro foram apresentados os resultados positivos do primeiro mês de atuação integrada das áreas de Mercado e Marketing, além das expectativas para o futuro e o Plano de Incentivo para a equipe de vendas.

Sobre a Convenção de Vendas do Grupo RBS, o presidente da companhia, Eduardo Sirotsky Melzer, ressaltou que o momento simboliza a crença da equipe no futuro, que passa pelo reforço das marcas da empresa, pela qualidade dos comunicadores e pelo relacionamento cada vez mais próximo com o mercado.

À noite, a diversão foi garantida com os hits nacionais da cantora Preta Gil, que animou a segunda etapa do acontecimento. Os comunicadores da casa Luciano Costa; Rafael Menegazzo, mais conhecido como Rafinha; Leandro Bortholacci, o Lelê; e Rodrigo Adams foram os responsáveis por comandar a pista antes e depois do show.

Conheça o Grupo RBS

Fundado em 31 de agosto de 1957 por Maurício Sirotsky Sobrinho – avô de Eduardo Sirotsky Melzer – o Grupo RBS é um conglomerado de mídia brasileiro que trabalha com conteúdo jornalístico, de entretenimento e de serviço tanto por meio de emissoras de rádio e de televisão, quanto por jornais e portais de internet.

A Rede de comunicação comemorou, recentemente, no dia 6 de março, os 45 anos de transmissão de um de seus principais programas de televisão – o Jornal do Almoço (JA), apresentado por Cristina Ranzolin há cerca de 20 anos. Foi ela quem comandou a festa, que foi celebrada no estúdio e nas ruas, junto ao público do Rio Grande do Sul.

Conheça o presidente da rede de comunicação gaúcha

Eduardo Sirotsky Melzer iniciou a carreira em 2002, como Analista Financeiro Sênior da americana Delphi Corporation. Logo depois, em 2004, foi Diretor-Geral da empresa de mídia não-tradicional, a também americana BoxTop Media. Ainda em 2004, ele entrou para o Grupo RBS como Diretor-Geral para o Mercado Nacional

Eduardo Sirotsky Melzer tornou-se vice-presidente de mercado e desenvolvimento de negócios da empresa da família Sirotsky no ano de 2008. Em seguida, em 2010, alcançou a posição de vice-presidente executivo. Em 2012, enfim, assumiu a presidência da companhia, substituindo o tio Nelson Pacheco Sirotsky. Ele também chegou à presidência do conselho de administração da rede de comunicação gaúcha, três anos depois, em 2015.

 

 

 

Campanha de Dia das Mães da Jhonson’s Baby com bebê Síndrome de Down viraliza

Image result for bebe johnson 2017

A empresa Jhonson’s Brasil resolveu revolucionar seguindo as tenências pautadas na inclusão e respeito às diferenças, lançando para o último Dia das Mães uma campanha publicitária na qual a grande estrela se trata de um bebê com Síndrome de Down.

A campanha foi criada pela agência de publicidade DM9DDB, empresa que atua no ramo há 28 anos, sendo premiada com 127 leões em Cannes e tendo outros grandes clientes como a Ambev, Walmart e Itaú.

O filme da campanha consiste na demonstração parte por parte de um bebê, que evolui mostrando os pés, olhos, mãos e a pele, dando a impressão da percepção da mãe na descoberta que envolve a maternidade e, ao fim, revela que o bebê é Síndrome de Down e surge a frase “Para nós e para todas as mães, todo bebê é um bebê Johnson’s”.

Na campanha testaram 50 bebês, todos Down, e o escolhido foi Lucas Berzins, de um ano de idade. De acordo com o diretor do filme, Fred Luz, que trabalha na O2 Filmes, Lucas foi escolhido pelo seu sorriso, “Queríamos um bebê que, quando ele sorrisse, os espectadores sorrissem juntos”, contou o diretor.

Para a ação foi estudado o tema por meio da visita a clínicas especializadas e familiares das crianças que participaram da seleção. Dessa forma, foi explorado o tema com responsabilidade e repassando a sensibilidade que envolve a figura materna, pois isso a campanha foi feita nesta data, buscando trazer o tema à tona de forma mais natural.

De acordo com a Jhonson’s Brasil a intenção da campanha foi justamente a celebração da diversidade sob um aspecto moderno da figura materna, introduzindo os momentos especiais produzidos por ela. E, além da campanha televisa de 30 segundos que foi limitada ao Brasil, a marca lançou a campanha de forma virtual, com duração de 60 segundos, com alcance mundial, por meio de canais virtuais e a redes sociais da empresa.

Na fanpage da marca no Facebook, o vídeo já contabiliza mais de 6 milhões de visualizações e no youtube a vídeo já conta com quase 13 milhões de views.

Numa visão de marketing, o acerto foi gigante, pois a campanha humanizou a empresa, trazendo o consumidor pra mais perto, demonstrando que esta possui compromisso social e busca promover a diversidade.

Sob o aspecto humano, a empresa traz um tema sensível que ainda possui resistência na sociedade e busca sensibilizar o público sobre o assunto, demonstrando que as diferenças são belas e devem ser aclamadas.

Dessa forma, a empresa consegue, além de trazer um novo público para perto dela, fazer o consumidor e ouvinte associar a empresa como preocupada com temas importantes e sensíveis. Além disso, pode ter gerado um grande ganho de imagem da marca, pois, muitas vezes o valor que uma marca gera está associado a imagem que ela passa ao público.

 

 

 

Waze: app indica localização de marcas favoritas no mapa do trajeto

Hoje o aplicativo Waze, lançado em 2008, faz muito sucesso entre os motoristas de todo o mundo indicando o melhor caminho de acordo com as coordenadas de GPS do smartphone. Disponível para sistemas IOS e Android, o app compartilha informações de trânsito em tempo real, de acordo com o site TechTudo, pode-se definir o Waze como uma grande comunidade de mapeamento de trânsito ao vivo.

Agora, em parceria com o McDonald’s, o aplicativo quer dar um passo a frente e expandir o mercado lançando uma nova ferramenta intitulada “Favorite Brands“. A funcionalidade permite que o usuário possa selecionar e visualizar suas marcas favoritas no mapa enquanto o percorre o trajeto, também é possível salvar um lembrete e receber um aviso nas próximas vezes que passar próximo ao local. A nova opção foi implementada no mês de Janeiro e ao mesmo tempo que oferece certa publicidade para uma marca, promovendo a logo e o nome da loja que aparecem em destaque no mapa, torna-se ainda uma ferramenta útil ao usuário que consegue salvar seus locais preferidos no app.

Além dessa novidade, o Waze também desenvolveu o “Zero-Speed Takeover Units” que traz um banner de divulgação da marca na tela do aparelho quando o veículo estiver parado. E foi pegando carona nessa inovação que a Fox Film do Brasil impulsionou as divulgações do longa “O Poderoso Chefinho” apontando todos os cinemas onde o filme estava em exibição e apresentando mensagens de acordo com o trajeto do motorista. Por exemplo, a mensagem “Vá logo pra casa, Pestinha” aparecia para os usuários que estavam no caminho de casa, e a mensagem “Você não sai do shopping sem ver meu filme antes” era mostrada para os wazers que estavam em pontos comerciais.

Os desenvolvedores do Waze agora trabalham para permitir que os usuários possam personalizar o serviço, disponibilizando a gravação comandos de navegação com sua própria voz. É bom destacar que o aplicativo já utilizou as vozes de Arnold Schwarzenegger, Elvis Presley, Morgan Freeman, Terry Crews entre outros famosos para dar instruções de navegação.

Tribunal Superior Eleitoral se despede da ministra pioneira Luciana Lóssio

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se despede da ministra Luciana Lóssio, a primeira ministra mulher a trabalhar na maior instância da justiça eleitoral do país eleita em 2011.

O presidente do TSE, ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes destacou o trabalho de Luciana, a que adjetivou de “sereno e agregador”.

Presentes na seção estavam outras mulheres que se somam a Luciana Lóssio no trabalho jurídico de altas instâncias brasileiras, a presidente do Supremo Tribunal Federal ministra Carmém Lucia, que assumiu a chefia do judiciário em setembro de 2016, e as ministras Nancy Andrighi e Laurita Vaz.

Reconhecimentos pelo desempenho

O ministro Gilmar Mendes em seu discurso ressaltou ainda o esforço de Luciana Lóssio para agregar ainda mais mulheres no Direito, seja na advocacia, nos tribunais e nas promotorias.

Desejou a Luciana “pleno sucesso pessoal e profissional e que continue a dar voz à participação feminina nos diversos espaços institucionais do país”.

A representante do Instituto Brasileiros de Advogados do Direito Eleitoral (Ibrade), do qual Luciana também é membra, a advogada Angela Baeta declarou que “A ministra honrou a toga e muito orgulha a advocacia brasileira”, ressaltando as comemorações da advocacia brasileira ao saberem da nomeação de uma representante do sexo feminino no Tribunal Superior Eleitoral.

Nicolau Dino, vice-procurador eleitoral desejou a brasileiense após cumprimentá-la “todo sucesso na continuidade de sua jornada profissional”.

Discurso de despedida

“É com alegria que termino esse ciclo e agradeço as generosas palavras. Só tenho a agradecer a convivência harmoniosa e o aprendizado nos inúmeros debates. Foi uma enorme honra integrar a Justiça Eleitoral brasileira e contribuir para o aprimoramento do regime democrático na presença de tão ilustres ministros. Volto para o outro lado da tribuna com a certeza de dever cumprido” Com essas palavras, Luciana Lóssio despediu-se do TSE afirmando ainda que a Justiça Eleitoral é uma grande família unida pelo trabalho diário. Afirmou ainda sentir-se com orgulho por aquilo que chamou de inadiável debate sobre a sub-representação da mulher na política, referindo-se ao fomento de debates necessariamente urgentes para discutir a integração da mulher não apenas no Direito mas em todos os postos da sociedade, posição que defendeu em declarações anteriores em que afirmou que mulheres deveriam ocupar metade das cadeiras no Legislativo Federal, Estaduais e Municipais, evocando o quinto artigo da Constituição Cidadã de 1988 que diz que homens e mulheres são iguais perante a Lei, tendo mesmos direitos e deveres.

Agradeceu também aos servidores de seu gabinete, cujo desempenho para com ela chamou de “dedicação diferenciada e extremada”.

Outras homenagens

Luciana Lóssio recebeu também outras homenagens de várias entidades, como mo movimento Mais Mulheres no Direito. DE trinta mulheres desse movimento recebeu o reconhecimento pelos dois biênios no TSE, no Salão Nobre do Tribunal localizado em seu subsolo. Na ocasião, Luciana recebeu também das mãos da vice-governadora do Piauí, Margarete de Castro Coelho, uma escultura do artista plástico Giuseppe Bosica.

Trajetória profissional

Luciana é formada em Direito Eleitoral desde 1999, e trabalhou como advogada. Trabalhou sete anos na Procuradoria Geral da República e entrou no TSE.

 

 

 

Pinterest apresenta estudo sobre as tendências dos seus utilizadores

 

Resultado de imagem para pinterest

Os interesses do público que pretende viajar têm alterado nos últimos tempos. Segundo um estudo realizado pelo Pinterest demonstra que o interesse por novas experiências relacionadas com o bem-estar estão nas principais pesquisas por partes dos consumidores. Este estudo foi elaborado através da rede social e demonstra quais os modos escolhidos pelos mesmos para passar as férias.

Segundo o estudo, os consumidores decidiram procurar ofertas de viagens que vão ao encontro da busca por momentos e sítios capazes de fazer relaxar. Este setor teve um aumento de 248%, enquanto que os viajantes fitness tiveram o maior aumento de todas as categorias com o aumento para 618%. Dentro destes consumidores estão os viajantes fitness que procuram locais onde seja possível praticar desportos como as maratonas ou outras sessões de treinos ao ar livre que misturam exercícios intensos à funcionalidade (boot camp). Já os destinos que oferecem alguma diversidade termal (como spas) também tiveram um aumento de 200%, um pouco acima dos destinos que oferecem banhos na floresta e que permitem um maior contacto com a natureza que apenas subiu 153%. Descida menos acentuada tiveram os destinos que prometem a prática de yoga em locais tropicais, e os destinos que pretendem oferecer aos consumidores um lugar para meditação. Estas ofertas tiveram um aumento de 77% e 88% respetivamente.

Para além dos dados acima mencionados, este estudo teve ainda a possibilidade de oferecer outras tendências que podem ser aproveitadas por outras empresas prestadoras de serviços, como por exemplo, a procura pelas farmácias francesas (subida de 98%), ou os produtos coreanos que teve um salto de procura superior a 100%. O Pinterest também registou uma procura considerável pelos países escandinavos não só pela sua beleza ou pelo estilo minimalista, como também por se notar uma ascensão de um novo estilo de moda e que possa servir de inspiração para quem pretende seguir esse carreira ou apenas é fascinado pelo mundo da moda (subida de 44%). Contudo não é a única tendência da moda que anda em voga nos últimos dias. Também os bordados da Europa Oriental tem sido uma tendência registada pelo Pinterest (subida de 43%), e por último, as almofadas Kilim (registou uma subida de 163%).

Por último restam os consumidores que preferem destinos onde a gastronomia é o alvo principal e anseiam conhecer novos sabores. Dentro desse nicho, o Pinterest demonstrou uma clara tendência dos consumidores em procurar comidas do Sul dos Estados Unidos da América, comida cubana, cafés artesanais e a ida para conhecer os mercados regionais da cidade inglesa de Londres.

 

Marketing Digital: 4 dicas para alavancar seu negócio

Para quem deseja ver seu negócio crescer, estar presente e ser visto na internet é fundamental nos dias de hoje. Não importa se sua empresa seja pequena ou grande, ou mesmo, se você esteja apenas no começo.

Sendo assim, é essencial que você, para obter bons resultados, adote os recursos do marketing digital. Mas será que você sabe como fazer isso? Veja, então, a seguir cinco dicas de como impulsionar sua empresa por meio desses recursos e conseguir excelentes resultados!

  1. Possuir um website

A primeira coisa que se pensa ao fundar uma empresa é na presença digital, ou seja, a primeira grande dica é criar um bom website. Existem boas empresas no mercado que criam sites e fazem sua devida manutenção e atualização.

O site deve ser bem desenvolvido, de fácil navegação (para que os clientes sempre retornem) e apresentando bons conteúdos. Deve ser otimizado para smartphones para que possa ser acessado com facilidade por meio de qualquer dispositivo, bem como integrado às redes sociais.

  1. Ter conteúdos que caiam nos buscadores

O site deve ser montado de forma que haja um bom conteúdo para cair nas buscas dos maiores buscadores, que são o Google e o Bing. Por isso, ter um SEO bem organizado, em que as palavras-chave sejam bem avaliadas é fundamental.

Daí a importância da contratação de empresas especializadas para a criação do site — visto que sabem como fazer para seguir os parâmetros que os buscadores exigem para que os sites sejam bem ranqueados.

  1. Estar nas redes sociais

Atualmente estar nas redes sociais é fundamental para divulgação de qualquer empresa, tendo em vista que as pessoas estão cada vez mais conectadas a elas. Sendo assim, criar uma página nas três redes sociais mais acessadas que são o Facebook, o Instagram e o Twitter já será um grande ganho para a visualização da empresa.

Com essa estratégia é possível criar uma série de conteúdos pertinentes à sua empresa e, assim, atrair consumidores e promover o crescimento da base de usuários.

  1. Promover a convergência das estratégias

Após criar o site, que já esteja sendo encontrado nas buscas e já estar presente nas redes sociais, chegou a hora de integrar essas estratégias para melhorar o retorno da comunicação. Ou seja, você terá que seguir alguns passos.

Primeiro publique um bom conteúdo, que atraia, que tenha a ver com o produto que comercialize e a publique nas suas redes sociais — tendo sempre o objetivo de aumentar seus seguidores.

Tenha sempre em mente que quanto mais seguidores sua página tiver, mais visualizada sua empresa será. Após notar que seu número de seguidores cresce, crie mais links que liguem as redes sociais ao site — isso, certamente, aumentará a indexação pelos buscadores.

E você, o que achou de nosso post sobre dicas de marketing digital? Ele foi útil para você? O que acha de aplicá-las em sua empresa e ter excelentes resultados? Boa sorte e sucesso!

Felipe Montoro Jens explica as vantagens das Parceria Público-Privado e os desafios enfrentados pelas empresas

Para Felipe Montoro Jens, especialista em projetos de infraestrutura, as Parcerias Público-Privadas (PPPs) têm ajudado o Brasil a melhorar suas questões de infraestrutura em setores como transporte e saneamento básico. Ele afirma, também, que as PPPs são um importante alternativa para a economia brasileira, especialmente no atual cenário de recessão em que se encontra o País.

O especialista em projetos de infraestrutura noticia que, quanto à questão do saneamento básico, a tecnologia desenvolvida pelas empresas privadas é algo a ser aproveitado para o melhoramento das redes de esgotos no Brasil. Além disso, por disporem de maior produtividade e agilidade empresarial, as empresas privadas conseguem controlar de forma mais eficiente os gastos de água, reduzindo assim o enorme desperdício de recursos hídricos.

Segundo Felipe Montoro Jens, pela atual situação econômica do Brasil, faz-se necessário o aumento do número de empresas privadas que trabalham em parceira com o setor público, via as PPPs. Entretanto, para que as PPPs possam funcionar de modo adequado, é necessário melhorar e aperfeiçoar os mecanismos de garantias oferecidos pelo governo para cumprir com as suas obrigações de pagamento ao parceiro privado. Adicionalmente, é importante expandir os recursos dos Fundos disponíveis para a realização das Parcerias Público-Privadas, além da redução e/ou isenção de impostos para os investimentos em infraestrutura realizados pelas empresas privadas via as PPPs.

Em março desse ano, foram apresentadas 55 novas propostas pelo Conselho do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI). O PPI, criado pelo Governo Federal, tem o objetivo de aumentar e consolidar as parcerias entre o Estado e a iniciativa privada. Segundo o presidente Temer, será possível investir R$ 45 bilhões com as propostas apresentadas no setor de energia, transporte e saneamento, relata o especialista em projetos de infraestrutura.

No Rio de Janeiro, conforme Felipe Montoro Jens, as PPPs tornaram-se uma prioridade na nova gestão da cidade. O prefeito Marcello Crivella anunciou, no primeiro dia do seu mandato, a elaboração de cronogramas e estudos para a implantação das parcerias, incluindo a municipalização do Maracanã. O cronograma conta ainda com a concessão de serviços no setor de saneamento na zona oeste do Rio e uma possível PPP para a iluminação pública. Essa PPP busca promover a melhoria e a ampliação da iluminação pública na cidade, principalmente nas áreas que possuem pouca iluminação e maiores índices de violência.

O prefeito do Rio de Janeiro também pediu um plano de PPP para a educação infantil, com a intenção de criar novas vagas, até o final de 2020, quando deverão ser criadas 20 mil novas vagas nas creches e 40 mil na pré-escola.

Felipe Montoro Jens reporta que, no Distrito Federal, as duas empresas escolhidas para realizar os estudos de viabilidade econômica e jurídica para a PPP da gestão da praça Sarah Kubistchek foram as empresas Socicam Administração de Projetos e Representações Ltda. e a UNA Consultoria Econômica Ltda. A meta para a Parceria Público-Privada do parque Sarah Kubistchek é a mudança na administração da praça, com a consequente mudança no atual quadro de déficit financeiro.

De acordo com Felipe Montoro Jens, as Parcerias Público-Privadas ajudaram o Brasil a melhorar a qualidade da tão deteriorada infraestrutura brasileira, contribuindo um pouco com as demandas do povo brasileiro.

 

 

O consumidor ainda prefere as mídias offline para o marketing

 

Resultado de imagem para mídias offline para o marketing

Desde do começo da implementação das primeiras estratégias de marketing na internet e através da evolução e expansão da mesma, passou a ser considerado como uma impactaria na outra, ainda mais que isso, qual delas seria mais rentável e funcional.

Nos últimos anos o marketing em mídias tradicionais como rádio, tv, jornais e revistas, vem convivendo e coexistindo com ações de marketing e propaganda na internet, através de cada nova ferramenta nesse mundo.

Muitas agências ou mesmo clientes, acabam por escolherem especifica ou especialmente uma mídia ou outra, imaginando que uma delas é mais rentável e mais impactante do que a outra. A internet proporciona a capacidade atingir públicos diversos de forma mais focada e direta, com ações dedicadas e exclusivas, sendo mais interessante e atrativa. No entanto, a tv ainda uma das mídias mais impactantes do público brasileiro.

Preferência pelo offline

Em recente pesquisa Dimension da Kantar Mídia, os dados obtidos revelam que, além de 50% do público da internet ainda ter um alto envolvimento com as mídias tradicionais, como a tv, 97% das pessoas preferem essas mídias para receber propagandas e ações de marketing.

Tal resultado pode ser explicado pelo fato de que a dinâmica da internet faz com que o público não queira ser interrompido, por não querer a quebra do dinamismo que a internet proporciona, além de que o marketing tradicional e invasivo não combina com a rotina digital do grande público. E pelo costume tradicional, veem propagandas em tv e cinema, por exemplo, como algo mais natural.

Outros dados disponíveis pela pesquisa ressaltam que tanto as pessoas adultas e de mais idade, mesmo inseridos digitalmente, continuam preferindo as mídias tradicionais para as atividades de marketing, e além disso, as pessoas das atuais gerações, ainda preferem também o offline e o físico, apesar de acharem que o marketing em meio digital tem melhorado.

As ações do marketing digital

Alguns dos pilares do marketing digital e inbound marketing visa tonar as ações de marketing mais orgânicas e naturais, para isso tentam se esquivar do formato ativo e agressivo, criando formas e ferramentas para um contato mais atrativo e eficaz com o público.

Algumas dessas formas de atingir o público é criar um relacionamento entre o internauta e consumidor das novas mídias, através de redes sociais e blogues, por exemplo. E ao invés de simplesmente oferecer produtos, compartilham conhecimento e informação, tentando converter visualizadores em seguidores, e objetivamente, clientes no futuro próximo.

Youtube apresenta novas mudanças na monetização e publicidade na plataforma

A plataforma e rede social de vídeos da Google, o Youtube, recentemente passou por uma série de polêmicas quanto a gestão de propagandas e anunciantes. Esses mesmos anunciantes passaram a boicotar e deixar de investir dinheiro na plataforma por medo de suas marcas acabarem sendo associadas a discursos controversos dos produtores de conteúdo. Tal situação se iniciou no fim do ano de 2016.

Desde março deste ano vários produtores de conteúdo, de grandes aos menores, e principalmente estes últimos, relataram que a monetização de seus vídeos caiu drasticamente, isso quando não o eram totalmente tidos como não monetizáveis, sem explicações por parte da plataforma.

 

Mudanças nos anúncios

Depois de tanta espera as mudanças da plataforma, após todas as críticas e polêmica, foram finalmente reveladas.

Uma das mudanças mais expressivas é a de que para que possam se candidatar a se tornarem “parceiros” do Youtube, os canais devem ter no mínimo 10 mil visualizações para que então possam ser analisados se seu conteúdo pode ou não receber anúncios.

Essa nova regra vai impactar vários canais pequenos e como futuramente no interesse de novos produtores, no entanto é uma incógnita saber como isso pode afetar os canais e produtores já consagrados na plataforma.

 

Novas formas de monetização

Outra novidade é que a plataforma pretende lançar um novo modelo de revisão e manutenção dos vídeos e de canais, dando a liberdade para os produtores escolherem como monetizar seu trabalho sendo através de publicidade, assinaturas pagas de seus visualizadores e até mesmo merchandise.

Apesar deste anúncio pouco foi explicado e novas informações devem surgir nas próximas semanas sobre esse novo modelo, assim como as revisões da política de publicidade da plataforma que foi prometida após as exigências dos anunciantes, de que a empresa controlasse melhor o conteúdo dos canais e a forma com que os anúncios são escolhidos.

 

Se encaminhando à plataforma paga?

Recentemente a empresa lançou nos EUA a Youtube TV, que funciona como um serviço de streaming de tv por assinatura, contando com canais populares da tv paga e contando com conteúdo exclusivos do Youtube.

A grande dúvida é se a empresa investira e de que forma fará com esse conteúdo exclusivo, e como os produtores de conteúdo irão se aproveitar dessa nova forma caso ela venha a concretizar, já que isso pode ser visto como uma formalização ao interesse de marketing e de publicidade das empresas investidoras que injetam recursos para captar a atenção dos milhões de visualizadores dos vídeos da plataforma.

Por conta de várias tensões, Real terminou abril muito mal, noticia Marcio Alaor do BMG

Entendo a situação do final de abril

Não há muita novidade em dizer que o real não ia bem frente ao dólar, porém, a situação piorou no mês de abril deste ano, como noticia Marcio Alaor, executivo do Banco BMG. Houve até uma queda da moeda americana ante o real, na última sessão do mês, devido ao movimento do câmbio internacional, além do temor provocado pela greve geral. Porém, isso não impediu que, no geral do mês inteiro, essa moeda registrasse a maior alta mensal desde o mês de novembro do ano passado, 2016.

Esse aumento do dólar, como reporta o executivo, foi um resultado do que alguns chamaram de “recrudescimento das incertezas”, durante várias semanas, devido justamente à aprovação das reformas econômicas domésticas. No entanto, a expectativa para o mês seguinte, maio, era de que essa dinâmica do mercado continuasse sendo levada pelos resultados das reformas em questão.

Outras questões…

Como bem recorda o executivo do banco BMG, Marcio Alaor, a primeira semana do mês de maio seria, na concepção de todos, também de uma “agenda forte”, como costumam dizer, não só em nosso país. A exemplo do Federal Reserve(Fed), que é o Banco Central americano. Nesse período, ocorreria a divulgação da decisão dessa instituição sobre a política monetária.

Já em relação à expectativa do mercado na época, reporta Marcio Alaor do BMG, era de que os juros se mantivessem como estavam, mas ainda assim havia certa cautela, um cuidado para possíveis sinalizações de que se elevariam as taxas. Houve também a questão do “payroll” americano daquele mês de abril, propiciando o aumento das apostas sobre uma situação monetária de mais aperto nos Estado Unidos.

Marcio Alaor, do BMG, reporta o panorama completo daquele momento

Assim naquela última sessão do mês de abril, ocorrida no dia 28, uma sexta-feira, houve um contraste entre a queda do dólar no fechamento do dia e a alta do mesmo nesse dia mais cedo. Isso então repercutiu no valor, levando a taxa para R$ 3,2139. Valor esse que, desde 19 de janeiro, é a ‘máxima intradia’, porque no referido dia chegou-se aos R$ 3,2313.

Marcio Alaor, executivo do Banco BMG, ainda recorda o que disseram os operadores, naquele momento. Segundo os próprios, foram nada menos que as movimentações em torno da Ptax de fechamento de mês que ditaram toda essa pressão. E, para quem não sabe, o dólar Ptax é a taxa que o Banco Central calcula para que sirva de referência na liquidação de contratos futuros, além de outros derivativos.

Pois foi esta que fechou, na última sessão do mês de abril, em alta de 0,70% em relação ao patamar do dia anterior, 27 de abril, chegando a R$ 3,1984 na venda. Já em relação ao mês inteiro, considera-se uma ascensão de 0,95%, sendo que no mês anterior, março, o ganho chegou a 2,23%. Então, nesse mesmo mês, temos um ganho de 1,41% da cotação, uma alta que não era tão forte desde novembro do ano passado, quando foi de 6,23%.

Ainda assim, ao término do mês de abril, a nossa moeda ficou como o sexto pior desempenho, entre 33 pares da moeda americana. Porém, se considerássemos todo o ano de 2017, até aquele momento, veríamos o dólar numa baixa de 2,33%.