Promoção da Pizza Hut e Itaucard pode te levar à Nova Iorque conhecer a vida do Homem-Aranha

Resultado de imagem para Homem aranha

Você é um dos milhares de fãs do Homem-Aranha? Então, fique atento, pois a Pizza Hut e o Itaucard firmaram parceria para proporcionar a quem é usuário das marcas uma experiência inesquecível.

Trata-se da promoção “Nas teias de NY” – aqui, o cliente que fizer uma compra acima de R$20 em qualquer loja da Pizza Hut e pagar com o cartão Itaucard, terá a oportunidade de concorrer a uma viagem com acompanhante para Nova Iorque (EUA), onde irá vivenciar as aventuras do herói americano Peter Parker durante três dias.

A promoção, válida até o dia 5 de agosto, tem o apoio da Sony Pictures – distribuidora do filme “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”, que estreou, recentemente, no mês de julho.

“Estamos felizes em oferecer aos consumidores da Pizza Hut e fãs de Homem-Aranha a chance de vivenciar uma experiência incrível de ir para Nova Iorque e explorar os detalhes da vida de Peter Parker, através do apoio e parceria de marcas como Sony Pictures e Itaucard”, salienta o diretor de marketing da Pizza Hut Brasil, Antonio Marchese.

Marchese explica ainda que a intenção da iniciativa é buscar cada vez mais criar uma conexão emocional com os clientes da marca a aproximá-la da geração millennial, além de reforçar a parceria com o Itaucard e com a Sony.

Para concorrer ao prêmio, você precisa acessar o site www.promospider.pizzahut.com.br, cadastrar a data da compra, o número do cartão Itaucard utilizado na Pizza Hut e o número do cupom fiscal. A data do sorteio está prevista para acontecer no dia 19 de agosto. A promoção está disponível em todas as unidades da Pizza Hut no Brasil e é válida para pedidos feitos nas lojas de shopping, de rua, delivery e to go (compra e retirada no balcão para viagem).

Sony Pictures Entertainment (SPE) ]

A Sony Pictures Entertainment (SPE) é a unidade de produção e distribuição de filmes da multinacional japonesa Sony. A sede da empresa é em Culver City, Califórnia, (EUA) e a sede administrativa fica em Tóquio, capital japonesa.

A marca foi fundada no ano de 1989, após a aquisição do estúdio de cinema tradicional Columbia Pictures da The Coca-Cola Company, e renomeada para Sony Pictures Entertainment dois anos depois, em 1991.

O Homem-Aranha (Spider-Man)

O Homem-Aranha é um personagem da Marvel Comics que apareceu pela primeira vez em agosto de 1962, na 15ª – e última – edição da revista Amazing Fantasy. Trata-se de um super-herói aracnídeo criado por Stan Lee, Jack Kirby e Steve Ditko. O primeiro foi o criador do conceito e roteirista das primeiras histórias do Homem-Aranha; o segundo participou do desenvolvimento inicial do super-herói, mas nunca chegou a ser desenhista regular do personagem; papel que ficou para o terceiro, o principal desenhista de tramas de mistério e suspense da Marvel e co-roteirista de várias das histórias de Lee com o Spider-Man.

 

Festival Internacional de Criatividade rende ao Brasil 99 Cannes Lions

Image result for ltima edição do Cannes Lions

Brasil supera, em exatos 10%, o número de conquistas em relação à edição anterior, ocupando, neste ano, a 4ª posição no ranking de premiações

Esta última edição do Cannes Lions, que ocorreu na segunda quinzena de 2017, na França, rendeu ao Brasil um total de 99 Leões, sendo 14 estatuetas de ouro, 33 de prata e 52 de bronze. No Festival Internacional de Criatividade, considerado o evento mais importante que premia destaques criativos de todo o mundo, o país alcançou a 4ª posição no ranking, perdendo apenas para os Estados Unidos (429), Reino Unido (131) e Austrália (113).

Em comparação com as outras participações do Brasil na premiação anual, 2017 se revelou como a 4ª melhor performance das agências do país. Com relação às edições anteriores, no ano de 2016, o Brasil faturou 90 estatuetas. Em 2015, foram conquistados no evento 108 Leões e um Grand Prix (prêmio máximo). Já em 2014 esse número chegou a 116 Leões.

No ranking de prêmios das agências do país, em 1º lugar ficou a AlmapBBDO com 22 Leões (5 ouros, 9 pratas e 8 bronzes), que também alcançou a 2ª posição como agência do ano, perdendo somente para a australiana BBDO. Entre as brasileiras mais premiadas aparecem a Oglivy com 11 Leões e a DM9DDB com 10 Leões.

O crescimento do evento vem sendo notado pelo número de inscrições realizadas pelos profissionais da área. Superando as 2.805 inscrições de brasileiros efetuadas na edição passada, neste ano, o Brasil inscreveu 3.020 trabalhos para concorrer às premiações.

Destaque para “Fearless Girl”

Em meio a tantos trabalhos únicos e marcantes, o grande destaque de Cannes foi o case “Fearless Girl” ou Garota Destemida, criada pela McCann New York. A ação que conquistou a atenção de todos representando a igualdade de gênero ao inserir a estátua de uma menina em frente ao famoso búfalo, considerado importante símbolo de Wall Street, recebeu 4 Grand Prix (PR, Titanium, Outdoor e Glass).

Brasileiros de ouro

Entre as agências brasileiras que conseguiram chamar a atenção dos jurados e faturar estatuetas de ouro no festival estão: AlmapBBDO, Africa, DM9DDB, Oglivy e Publicis.

Garotos-propaganda que surpreendem

De uns tempos para cá uma leva de garotos-propaganda da melhor idade começou a dar o ar da graça nas chamadas publicitárias durante os intervalos das programações das emissoras de televisão de todo o brasil.

Geralmente numa pegada bastante humorada, as campanhas publicitárias que tem no seu elenco o pessoal que passou dos cinquenta anos a um bom tempo, caem no gosto popular e acabam alcançando grande sucesso nas redes sociais.

E como não poderia deixar de ser os senhorzinhos e senhorinhas que estrelam tais propagandas acabam ampliando a participação em campanhas seguintes da mesma marca para as empresas.

As situações representadas por eles são bem variadas e com algumas delas nos identificamos tanto com aqueles velhinhos simpáticos que até gostaríamos de estar no lugar deles.

Para relembrar esses momentos, falaremos um pouco de algumas propagandas nas quais o pessoal da “melhor idade” aparece em situações muito divertidas.

Renault Duster – Folgado v.1

Quem não se divertiu entre um intervalo e outro da programação da televisão ao ver a impaciente senhorinha do comercial da Renault Duster se dirigindo ao lutador Wanderlei Silva e dizendo para ele “você é folgado cara”.

Banco Itaú – Invista pelo celular

Em um das campanhas de novos serviços digitais, o grupo Itaú preferiu apostar nas figuras de duas simpáticas senhoras para apresentar o produto que poderia até ser mais identificado com a nova geração. No filme as vovozinhas aparecem bem familiarizadas com a tecnologia e se direcionando para o público mais jovem.

Comercial “Rap do Desapega – Ceará” – OLX

Na campanha da Olx um vovozinho despretensioso está fotografando uma bicicleta quando é surpreendido pelo neto. E para revelar a sua real intenção, de repente o vovô começa a dançar e cantar um rap com a desenvoltura de adolescente deixando o seu netinho de queixo caído.

Vai Vovó – Campanha Postos Petrobras

Já num dos mais recentes filmes publicitários da Petrobras, uma das passageiras do carro que acaba de abastecer num dos postos da estatal, aparece num momento de descontração com outros ocupantes do veículo mandando super bem com seus improvisos vocais.

Pelo o que se vê, uma campanha publicitária pode cair na boca do povo e se tornar um grande sucesso independentemente da idade dos atores escolhidos para protagonizá-la, prova disso são as campanhas citadas acima, pois o que conta é o que o publicitário pode fazer com uma boa ideia.

Agência Neogama de Alexandre Gama recebe três prêmios no Festival de Cannes

A Agência Neogama, do publicitário Alexandre Gama, se destacou pela sua criatividade e inclusão de tecnologia ao criar a peça publicitária “Teste da pisada”, desenvolvida para a marca de calçados ASICS. Essa campanha interativa, que foi divulgada em revistas especializadas em esportes como a Women’s Health, informava ao público sobre a importância da identificação do seu estilo de pisada, a qual é determinante para escolher o tipo de tênis mais indicado para cada pé.

A ideia para essa campanha teve como origem um amplo estudo feito pela College of Podiatry, de Londres, o qual demonstrou que cerca de 70% dos indivíduos que são adeptos a prática de corrida não sabem como escolher o estilo de tênis mais adequado para o seu tipo de pisada. Essa porcentagem indica que é grande o número dos praticantes da modalidade que acabam tendo um desempenho abaixo do que poderiam em função do tênis que estão utilizando erroneamente.

Image result for Neogama Alexandre Gama Asics
Anúncio feito pela Neogama para Asics premiado em Cannes

Através da utilização de uma tinta termocrômica, a qual tem a função de reagir ao calor emanado pelo corpo, a ação mostrou que essa verificação era bastante simples, bastando pisar em uma área definida pelo anúncio para, logo em seguida, identificar qual era o seu tipo de pisada entre as opções pronação, supinação e neutra.

Considerada como criativa e inovadora, essa peça publicitária da agência de Alexandre Gama ganhou destaque entre os jurados do Cannes Lions, Festival Internacional da Criatividade, organizado todos os anos na França. Sendo assim, a campanha se consagrou como vencedora em três categorias, vencendo um Leão de Prata na categoria ‘Promo & Action’, e dois Leões de Bronze nas categorias ‘Print & Publishing’ e ‘Media’.

Alexandre Gama, fundador da agência Neogama/BBH, criou a sua empresa em 1999 e conseguiu transformá-la em uma das agências de publicidade mais renomadas do país. Reconhecida em esfera nacional e também internacional, a empresa foi a grande ganhadora da categoria de Agência do Ano em 2002, de acordo com a premiação anual do jornal Meio e Mensagem. Pouco tempo depois, a Neogama venceu outros prêmios importantes, também no Festival de Cannes, conquistando a marca de primeira agência brasileira a ganhar dois Leões de Ouro na mesma edição do evento.

Em seus três primeiros anos de atuação no mercado, a Neogama se estabeleceu como a agência de publicidade que mais cresceu no país. Como consequência, a empresa de Alexandre Gama conseguiu vários resultados satisfatórios para os seus clientes, garantindo o seu espaço entre as melhores do Brasil, um feito impressionante em um meio tão competitivo quanto esse.

Grande responsável por essa conquista, Alexandre Gama soma ao longo de sua carreira mais de 25 leões no Festival de Cannes, tendo sido escolhido ainda em algumas ocasiões para compor o corpo de jurados do evento, uma honra compartilhada por poucos brasileiros. E além de empresário e publicitário, ele ainda dedica seu tempo como conselheiro do importante Comitê Global Creative Board da Holding Publicis Groupe, uma comissão da qual participam os líderes de seis agências de publicidade de destaque em âmbito internacional.

 

A publicidade e o cinema

No filme “Obrigado por fumar” (título original: Thank you for smoking) o personagem principal, Nick Naylor, porta-voz da Academia de Estudos do Tabaco (Academy of Tobacco Studies), tem uma ideia genial para ampliar as vendas de cigarro. Antes de iniciar o seu discurso magnético e cativante, no entanto, ele expões os fatos, frios e sem tratamento: em 1910, os fabricantes de cigarro produziam 10 bilhões do produto anualmente; em 1930, a produção havia subido para 123 bilhões. “O que aconteceu nesse período?” – ele pergunta, deixando a platéia de colegas de trabalho intrigada. A resposta: o advento do cinema.

Segundo Nick, era comum aparecerem atores fumando no cinema, até surgirem polêmicas sobre os malefícios do cigarro. A ideia, então, seria simplesmente pagar a alguém em Hollywood para colocar de novo cigarros nas mãos dos atores e fazer com que fumar voltasse a parecer legal, sexy.

Mesmo sendo apenas produto da brilhante imaginação que o forjou, Nick diz coisas suficientemente verazes. Não só as produtoras de filmes e os empresários donos de salas de cinema vem gradativamente faturando mais, a cada ano, no Brasil e no Mundo. As marcas que apostam no meio para veicular os seus produtos têm obtidos resultados grandiosos.

Segundo o site exame.com depois do filme Toy Story ter estourado no cinema, a tela mágica Etch-A-Sketch, que Buzz Lighyear utiliza para desenhar o plano de fuga dos brinquedos, teve suas vendas aumentadas em nada menos que 4.500%. As vendas do Senhor Cabeça de Batata (Mr. PotatoHead) aumentaram absurdos 800%.

O casamento entre a publicidade e o cinema tem sido feliz desde muito na história da sétima arte. Quem não ficou tentado pelos Ray Ban de Tom Cruise, em Top Gun, certamente quis experimentar um dos estilosos óculos que os não menos estilosos personagens de Matrix utilizaram no filme. Quem não pôde comprar uma BMW, após assistir James Bond, deixou a sala do cinema bem mais esperançoso, logo depois de ter visto Se Meu Fusca Falasse.

A publicidade nem precisa ser explícita. Não é sequer necessário que o mocinho tenha preferência por tal ou qual marca ou que uma atriz idolatrada caiba bem nos seus apertados jeans. Basta aparecer num cantinho da tela um cartaz sujo e esvoaçante com a foto daquele refrigerante de que gostamos para, na saída do cinema, sentirmos uma cede gigantesca.

Farm lança selo musical e adota novas estratégias

Resultado de imagem para flor de sal selo musical farm

A marca brasileira Farm acaba de completar 20 anos de existência, e decidiu comemorar o feito com a criação de um selo musical próprio, com direito a registro como gravadora. A grife carioca, que surgiu em uma simples feira de rua, possui atualmente mais de 60 lojas espalhadas pelo Rio de Janeiro e outros estados do país, tendo um faturamento anual de mais de R$ 400 milhões.

Durante a festa junina da marca, o Arraial Tropical da Farm, a grife lançou a sua primeira banda, a Flor de Sal, um grupo de MPB (Música Popular Brasileira). De acordo com a gerente de marketing da Farm, Taciana Abreu, a grife sempre teve uma ligação muito forte com a música, já tendo há vários anos um aplicativo musical ao estilo do Spotify e Apple Music. Com essa iniciativa, o objetivo da Farm foi investir na música para criar uma identidade forte para a marca, além de valorizar a música brasileira.

Desse modo, surgiu a ideia de criar o selo musical Farm, o qual decidiu lançar primeiramente a Flor de Sal. Formada por Micael Amarante e Karina Zeviane, a banda já possui um álbum com nove músicas originais disponível à venda em plataformas como iTunes e Google Play.

Ainda segundo a gerente de marketing, o objetivo desse projeto não é parecer diretamente publicitário, e sim possibilitar a criação de canções boas de se escutar. Por esse motivo, a Farm concedeu bastante liberdade criativa aos músicos, tendo o cuidado apenas de mostrar a eles uma espécie de dicionário da marca, com palavras e expressões que representam os seus ideais e valores.

Sempre ligada aos movimentos atuais, a marca incentivou a banda a produzir músicas com temas bastante discutidos nos dias de hoje, como o feminismo. Paralelamente, a Farm tem se adaptado a todas as mudanças da sociedade, o que motivou ações como o lançamento de peças de roupa e acessórios unissex.

Agora, uma das estratégias da marca é aproximar os consumidores do processo de lançamentos das novas coleções. Se antigamente as festas de lançamento eram exclusivas para os funcionários da própria grife, através do Arraial Farm a marca vem tentado modificar esse cenário, apostando em interações mais diretas com o público ao lançar suas coleções.

Além disso, uma das principais metas da marca é promover eventos e festas culturais também em outros estados. Enquanto no Rio de Janeiro a Farm já realiza há anos o “Dia na Rua”, e também um bloco de carnaval, o intuito agora é ir mais longe, começando por capitais do sudeste como São Paulo e Belo Horizonte. A razão disso está no fato da marca valorizar bastante festivais e eventos regionais, de acordo com Taciana Abreu.

Campanha da Skol surpreende novamente com olhar ético para a sociedade

Com campanhas que quebram os padrões enraizados na sociedade, a Skol tem sido um grande exemplo de como o marketing e a publicidade tem influência sobre a opinião das pessoas.

A campanha mais nova da marca, mostra um cenário totalmente longe dos copos com cervejas e de mulheres seminuas. Com um ambiente aconchegante, onde em uma cômoda há agulhas de crochê e novelos de lã, a primeira coisa que nos vêm a cabeça é a imagem de uma senhora acima dos 60 anos tricotando.

No entanto, esse é o primeiro grande choque ao nos depararmos como nós temos a mente acostumada a associar coisas a estereótipos. Ao decorrer do vídeo da campanha, a Skol revela que o verdadeiro dono das agulhas e dos novelos de lã é o artista plástico Thiago Rezende, de 35 anos.

O artista plástico não é o único exemplo de quebra de estereótipos na campanha. A Skol reuniu mais dois participantes reais que são exemplos de desmistificações de padrões da sociedade. A campanha levou o nome de “Quem é essa pessoa?”, e foi dirigida por Daniel Klajmic. A criação foi de autoria da F/Nazca Saatchi & Saatchi em parceria com a produtora Prodigo Films.

Dentre os personagens, a campanha mostra um pouco sobre o trabalho de Renato Lopes, de 32 anos, que é iluminador cênico e no seu tempo livre atua como dançarino de Lindy Hop, uma dança que vêm do século 20. Já o outro participante, Luiz Giacomo, de 74 anos, é uma figura perfeita de um químico aposentado, no entanto, em seu tempo livre ele disputa competições de Patinação, onde conseguiu o troféu Mundial de Patinação de Velocidade.

A proposta principal do projeto é mostrar que nós ainda temos o péssimo hábito de julgar uns aos outros sem nos conhecermos direito. Essa é apenas uma das campanhas que a marca tem promovido para incentivar a sociedade a quebrar os padrões e aprender a não julgar os outros apenas pela aparência.

Os vídeos da campanha segue sem um roteiro definido com participantes que nem ao menos sabiam que tratava-se de uma campanha da Skol. Os participantes foram divididos em três grupos com cinco pessoas, e foram desafiados a retratar os três personagens reais a partir de um objeto que estava na sala.

A experiência é sempre uma surpresa para todos os participantes. “Temos convidado pessoas, de diferentes formas, a quebrarem padrões e experimentarem a viver uma vida com mais respeito e sem estereótipos. Mas, como sempre, queríamos ir além e mostrar como tiramos conclusões rápidas à primeira vista. Acreditamos que abrir cada vez mais frentes de diálogo é a melhor forma de mudarmos essa forma antiga de ver o mundo e passar a enxergá-lo de verdade. E essa é uma transformação que estamos incentivando de dentro para fora em SKOL”, revelou a representante da marca, Maria Fernanda Albuquerque.

Entenda as dificuldades no aprendizado do marketing digital e a grande oportunidade de começar a fazer negócio com ele

 

Image result for mkt digital

Uma pesquisa de mercado acaba de confirmar uma situação que muitos profissionais já perceberam na prática, a distância entre a faculdade e mundo real é enorme para quem decide seguir carreira fazendo marketing na internet.
São pessoas atentas, antenadas, envolvidas no poderoso mercado do marketing digital, que impulsiona marcas e produtos na internet. Mas onde esses profissionais quase sempre muito jovens se prepararam para isso?
Uma pesquisa realizada com 600 entrevistados pela Consultoria Conversion, 90% não saíram preparados da faculdade. “Falta uma formalização do conhecimento da internet, você transformar em conceitos e transmiti isso para os alunos também. Passar uma cultura da internet, como isso funciona, qual é a dinâmica da internet para a pessoa não ter que aprender tudo por conta própria”, disse o presidente da Consultoria Conversion, Diego Ivo.
A grande questão é: como manter a educação formal, os cursos superiores relativamente atualizados em relação ao que não para de se modificar? Como estar atualizado com algo que não para de se reinventar em alta velocidade?
É muito diferente de formar, por exemplo, um advogado, diz o diretor de marketing, Hugo Villar. “As leis não irão mudar amanhã, não irão mudar no dia seguinte. No curso de marketing digital é diferente, nós estamos aqui escrevendo este artigo e amanhã provavelmente haverá outra inovação para o mercado que ninguém nunca viu”, explica Hugo.
O diretor de marketing de portal, Daniel Imamura, é um exemplo de sucesso nesse mercado. Aos 26 anos ele é dono de uma plataforma digital que atende 700 imobiliárias e abriga 300 mil anúncios. Ele diz que a faculdade de engenharia da computação lhe deu uma base importante, mas poderia ter dado mais:
“Se a faculdade trouxesse mais profissionais que estão atuantes no mercado para interagir com os alunos, trazer as experiências que eles adquirem diariamente para dentro da sala de aula, com certeza nós teríamos profissionais mais qualificados quando eles saíssem da faculdade”, afirma Daniel.
Possibilidades de negócio com marketing digital
Segundo Farouk Palis, especialista em marketing digital, a questão da crise chegou a atingir muitos vendedores com uma drástica redução nas vendas de muitos produtos. Com isso, muitos profissionais tiveram que procurar alternativas e uma delas foi migrar definitivamente para o marketing digital.
“Eu fui uma dessas pessoas, eu estava com as vendas empacadas e após ter mergulhado no marketing digital minhas vendas mais do que dobraram em relação aos bons tempos”, diz Farouk.
Em algumas plataformas como Facebook, Mercado Livre, Youtube, Hotmart, Instagram, Whatzapp, Skype, entre outras, a possibilidade de fazer muitos negócios nessas plataformas são muito grandes.
Uma manicure por exemplo, pode melhorar seus processos de pintura nas unhas ensinando outras através de consultorias e cobrando para isso. Uma pessoa que tem algum tipo de conhecimento, ela pode transmitir isso através de aulas e transformar isso em um negócio.
É um mercado que realmente só cresce e são vários os tipos de negócios. Outro exemplo, é revender produtos através do Mercado Livre, é uma forma também de se fazer marketing digital e de se gerar negócios online.