Campanha da marca CoverGirl quebra padrões de beleza exibindo mulheres únicas

O mundo está passando por constantes mudanças e como um reflexo da sociedade, o marketing tem se ajustado para acompanhar o pensamento dos novos consumidores. Dentre as mudanças, que ocorreram principalmente na forma de fazer propaganda no mundo, é a quebra de padrões estereotipados, como a clássica imagem da mulher magra e feminina. As novas campanhas de publicidade não são apenas para atrair os consumidores em relação às marcas ou empresas, mas também para promover a igualdade entre todas as pessoas.

A marca de cosméticos CoverGirl também pegou carona nessa onda de publicidade pelos direitos iguais e lançou uma campanha para acabar com os padrões estéticos das mulheres perfeitas e idealizadas. A sua campanha conta com elementos primordiais que mostra a todos os seus consumidores que não existe um padrão único que representa a marca, mas que todos os consumidores podem representar a marca.

No vídeo da campanha a marca trouxe seis grandes nomes femininos para expressar essa diversidade estética. Enquanto elas passam a maquiagem da marca as cenas se revezam entre as famosas. São elas: a cantora Katy Perry, a atriz Issa Rae, a apresentadora de TV e chef Ayesha Curry, a modelo Maye Musk, a piloto Shelina Moreda e a coach Massy Arias.

O vídeo foi feito com a direção de Matt Lambert, que usou no início uma citação de Toni Morrison. A propaganda da marca tenta reforçar a ideia de que seus consumidores não devem usar maquiagem para alcançar um padrão único de beleza, mas sim buscar uma forma de se expressar com o uso da maquiagem. Para a marca, não há um modelo único de beleza que deve ser seguido por todos os seus consumidores. A mensagem da marca foi de que cada um de seus consumidores devem usar a maquiagem como uma ferramenta para se expressar da melhor forma.

A marca de cosméticos não foi a primeira a chamar atenção com um vídeo apelativo que pede aos consumidores para quebrar padrões de beleza. O tema tem sido usado abundantemente pela mídia de todo o mundo, inclusive como política de publicação da grande empresa de fotos, a Getty Images. Após a França proibir a publicação de qualquer imagem alterada por photoshop sem um aviso aos leitores, a Getty Images anunciou que não publicará nenhum tipo de imagem que tenha alterações no corpo das modelos. A medida foi tomada como uma forma de conscientizar as mulheres de que os padrões de beleza estipulados pela mídia devem ser quebrados porque são irreais.

 

Campanha do Burger King em “It – A Coisa” faz piada com rival

Resultado de imagem para Burger King em "It – A Coisa" faz piada com rival

O remake da obra de Stephen King gerou uma onda de palhaços nas mídias de marketing. Desde o anúncio de “It – A Coisa” para o cinema, diversos comerciais, propagandas e até mesmo outros lançamentos de mídia com o tema dos palhaços tomou conta do mundo. A mais nova marca a utilizar o tema é a rede de fast food Burger King, que exibiu cenas do filme em seu comercial para causar desconfiança do público em seu maior rival, o McDonald’s.

A campanha criada pela empresa ganhou os cinemas e apareceu exclusivamente ao final do filme, quando os créditos da produção deveriam aparecer. Mas nem todos os cinemas do mundo exibiram a campanha. O apelo promocional do Burger King apareceu em alguns seletos cinemas da Alemanha, logo que a estreia do filme estava chegando ao fim.

A produção comercial foi intitulada pelo nome de “Never Trust a Clown”, que também apareceu ao final do filme no meio da frase: “Moral da história: nunca confie em um palhaço”. Embora pareça muito oportuno, uma vez que o filme “It – A Coisa” é sobre um palhaço nada confiável, a rede de fast food fez uma alusão clara ao seu maior concorrente comercial, o McDonald’s que tem como ícone da marca o palhaço Ronald. O filme comercial é uma criação de Grabarz & Partner.

Contudo, o público que ama cinema e é mais crítico quanto as produções, certamente não ficou assim tão entusiasmado ao ver a campanha do Burger King ao final. Isso porque o filme deveria terminar com um final emotivo, e a intervenção feita pela marca gerou uma certa piada em relação a disputa das duas empresas de fast food.

Mas ainda assim, o apelo do comercial exibido na Alemanha foi mais sutil do que o anuncio feito pela filial da marca na Rússia. A filial do Burger King da Rússia pediu para que o filme “It – A Coisa” fosse banido dos cinemas do país, pois segundo a marca, o palhaço Pennywise seria parecido com o ícone de seu maior rival, o Ronald McDonald. Sendo assim, a marca disse que o filme já seria como uma propaganda para o McDonald’s.

 

Fenabrave divulga a lista dos carros mais vendidos em setembro de 2017

A Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, divulgou o ranking dos carros mais vendidos no mês de setembro deste ano, onde a grande surpresa ficou por parte do modelo Renault Kwid que apareceu em segundo lugar. A federação também divulgou recentemente que o setor automotivo registrou uma alta nas vendas dentro do país no mês de setembro, com um total de 199.227 veículos emplacados. E dentre esses veículos que foram emplacados durante o período, a federação criou um ranking para divulgar as marcas e os modelos que mais apresentaram vendas no setor.

No ranking, o modelo destaque foi o Renault Kwid, que mesmo em segundo lugar conseguiu ser a grande atração da lista, na opinião dos especialistas de marcas de carro. O modelo é uma tentativa de entrar da Reunalt entrar para a categoria de “carro popular” e só perdeu no número de vendas para o Chevrolet Onix, que por sua vez poderá ser pela terceira vez o carro mais vendido do ano no Brasil.

Do mais vendido para o menos vendido, o ranking cita os seguintes carros e o número de vendas do modelo em setembro: Chevrolet Onix (17.236), Renault Kwid (10.358), Ford Ka (8.727), Hyundai HB 20 (8.530), Chevrolet Prisma (6.123), Toyota Corolla (6.036), Volkswagen Gol (6.026), Volkswagen Fox (4.860), Fiat Strada (4.621) e Jeep Compass (4.177).

Os dados divulgados pela Fenabrave apontaram que o Chevrolet Onix já possui um total de 134.217 veículos vendidos até o mês de setembro, o maior número de vendas para o ano. Já o segundo lugar para o número total de vendas até o mês de setembro é do Hyundai HB20, com um total de 79.365 veículos vendidos. O Renault Kwid que alcançou o segundo lugar no número de vendas no mês de setembro, vendeu apenas 13.603 veículos no ano, sendo o modelo com menor número de vendas no acumulado do ano.

Na visão dos especialistas, a razão para que o modelo Renault Kwid registrasse o segundo maior número de vendas no mês de setembro pode estar relacionada com o marketing utilizado pela montadora. Contudo, o preço baixo para a categoria de carro novo é um forte apelo feito pela marca.

 

Usuários do Facebook poderão ver anúncios de lojas e SACs visitados

 

Image result for anuncio facebook

O Facebook já anunciou neste ano várias modificações que permitem as empresas anunciar seus produtos e serviços em espaços publicitários da rede social. Isso tudo faz parte de um estudo que a plataforma tem realizado para compreender a sua influência no varejo, inclusive no que diz respeito ao offline. Os dados coletados pela rede social são compartilhados com os maiores interessados no assunto, as empresas que buscam entender a influência da rede social no consumo das pessoas.

Em relação a publicidade, o Facebook se reinventou, segundo um anúncio recente, e revelou que os espaços publicitários da rede social exibirão ofertas e campanhas relacionadas as lojas físicas que o usuário visitou recentemente. Isso quer dizer que a cada loja que o usuário visitar, e que estiver dentro do mercado publicitário do Facebook, a rede social exibirá as ofertas e as campanhas correspondentes.

Sendo assim, o Facebook informou que o usuário que entrar em uma loja de roupas, por exemplo, receberá ofertas e campanhas relacionadas com aquela loja em seu perfil da rede social, mesmo que o usuário não tenha comprado nada. Já em relação aos restaurantes, os anúncios poderão ocorrer enquanto o usuário estiver aguardando o atendimento ou a entrega da comida.

Entretanto, a rede social lembrou em seu anúncio que a publicidade de acordo com o local visitado pelo usuário só será possível caso a localização do aplicativo do Facebook esteja ativada. Se o usuário permitir esse acesso, os anúncios serão exibidos a partir de cada estabelecimento visitado por ele.

Contudo, existe um ponto neste novo anúncio feito pelo Facebook que pode ser considerado muito invasivo pelos usuários: ligações a call center de empresas também serão usados para a escolha por publicidade para cada usuário. O exemplo dado pela rede social diz que o SAC utilizado pelo usuário também desencadeará anúncios relacionados com aquela empresa.

Por exemplo, se o usuário ligar para uma imobiliária a fim de agendar uma visita, ele irá se deparar com anúncios relacionados a empresa na rede social por um período de 30 dias. O pior poderá ocorrer caso o usuário ligue para reclamar de alguma empresa e passado um tempo, veja campanhas e ofertas daquela empresa. A prática foi vista como invasiva, pois não atende a nenhuma permissão fornecida pelos usuários.

Palhaços em novo comercial da Audi destacam os erros cometidos por motoristas

Os palhaços viraram o centro das atenções neste ano, seja no cinema com o filme “It: A Coisa”, ou ainda na série de televisão “American Horror Story”, referente a última temporada lançada nos Estados Unidos. Aqui no Brasil o tema também foi bastante usado pelas mídias, como é o caso do filme “Bingo: O Rei das Manhãs”, uma produção cinematográfica brasileira para relembrar o programa matinal em que o palhaço Bozo era interpretado por Barreto na década de 1980.

Contudo, o tema também foi explorado na publicidade pela empresa Audi como uma forma de chamar a atenção para o seu novo lançamento usando os cômicos palhaços. Mais do que coincidência do destino, o comercial da Audi foi muito planejado para aproveitar a grande repercussão dos palhaços, o símbolo da simpatia dos circos. O tema foi bem aproveitado na campanha do novo veículo da marca.

O comercial da Audi foi intitulado como “Clowns” e foi realizado sob a direção de Ringan Ledwidge. Em apenas 90 segundos, a peça publicitária exibiu vários palhaços cometendo erros de direção considerados graves como parte da personalidade dos palhaços em cometer trapalhadas. Ao fundo, a música “Send in the Clowns”, do compositor Stephen Soundheim que foi responsável por compor músicas para o musical “A Little Night Music”, foi cantada em um cover na voz de Lisa Hannigan.

A Audi reuniu todos esses elementos em seu comercial para mostrar a capacidade dos sensores de seu novo carro Audi A8 em detectar possíveis erros de direção, até mesmo os mais graves. Usando os palhaços para cometerem os erros, a propaganda mostrou ao público que o novo lançamento é capaz de fazer a partir de seus sensores e outros aparatos que são o marco do novo carro.

O novo veículo lançado pela empresa possui uma série de atrativos que foram bem utilizados pelo marketing no comercial, dentre eles, o veículo possui ferramentas de mapeamento que auxiliam o motorista na prevenção de acidentes.

Os palhaços utilizados no comercial foram uma forma de ilustrar os motoristas infratores, imprudentes ou ainda os mais atrapalhados que acabam se envolvendo em acidentes de trânsito. Sendo que o novo carro A8 da Audi possui mecanismos capazes de evitar certos acidentes.

 

Campanha da Heineken usa Ronaldinho Gaúcho e outros jogadores famosos

Em prol de sua nova campanha, a Heineken divulgou recentemente três novos comerciais que divulgam a UEFA Champions League. A marca convidou três jogadores famosos para ilustrar em cada vídeo os lances mais famosos que consagraram os jogadores de forma cinematográfica.

Segundo a marca de cervejas, os vídeos possuem o objetivo de inspirar os consumidores alegando que as emoções que são vividas durante as partidas de futebol são comparadas aos filmes blockbusters (filme com elevado nível de popularidade). Sendo assim, a marca assinou a mensagem nos vídeos: “Share The Drama”, que em português pode ser traduzido como “Compartilhe o Drama”.

Dentre os vídeos divulgados pela marca Heineken, um deles mostra o momento histórico em que o jogador Ronaldinho Gaúcho cobra uma falta em 2006 em um jogo de seu respectivo time, o Barcelona, contra o Werder Bremen. No filme o jogador é visto como um sobrevivente de diversos oponentes em um futuro diatópico.

Além do jogador brasileiro, a marca também convidou outros grandes ícones do futebol mundialmente conhecidos, o ex-goleiro que atuou no Liverpool, Jerzy Dudek, e o jogador Van Nistelrooy. Sendo que o primeiro registrou em vídeo o pênalti defendido que garantiu a vitória na UEFA Champions League no ano de 2005 na forma de uma história que se passa há 100 anos. Já no caso do jogador Nistelrooy, o filme recriou o seu gol no time Real Madrid contra o oponente Lazio no ano de 2007 através de cenas de ação.

A conclusão final de todos os vídeos lançados pela marca é de que seus consumidores sejam convidados a sentir as grandes emoções proporcionadas pelo futebol, como o que acontece na UEFA Champions League, e que ainda vivenciem essas emoções com a bebida da marca.

A ideia utilizada pela empresa, assim como o patrocínio ao esporte, é algo muito visto nas mídias de marketing que relacionam os esportes às bebidas alcoólicas. Unindo esses dois itens de interação, a marca conseguiu atingir outro público-alvo, que são as pessoas que gostam de ficar em casa assistindo aos jogos. Antes disso, a marca possuía um público-alvo mais voltado para a vida noturna.

 

Absolut relaciona grandes acontecimentos com vida noturna em novo comercial

Image result for Absolut relaciona grandes acontecimentos com vida noturna em novo comercial

A marca Absolut de bebidas alcoólicas, resumiu 14 bilhões de anos em um comercial de 60 segundos. O filme que conta toda a trajetória da vida desde o Big Bang até os dias atuais, trata-se de uma epopeia que relaciona a vida noturna com o grande marco do universo.

Criado pela agência de propaganda BBH London e com a direção do famoso criador de fotografias dos filmes “Birdman”, “Gravidade”, e “O Regresso”, Emmanuel Lubezki, o filme levou o nome de: One Night 60″.

O vídeo com o nome da empresa Absolut mostra imagens de acontecimentos históricos, como a história clássica do universo (o Big Bang), o início da vida na Terra (Teoria da Evolução de Charles Darwin), registro dos primeiros hominídeos que habitaram o planeta e a evolução tecnológica que aconteceu entre os séculos XX e XXI. Todas as cenas criadas que registram fatos que aconteceram ao longo de 14 bilhões de anos foram resumidas em apenas 60 segundos de vídeo. Em uma profunda análise, a marca tentou expressar todo o progresso feito a partir de ideias que vão além da ciência e atingem a sociedade de um modo geral.

Entretanto, no final do vídeo fica evidente uma menção de progresso ao fato das pessoas poderem desfrutar de uma noite incrível com o acompanhamento da bebida. A relação apontada pela marca é de as melhores ideias, como o histórico Big Bang, acontecem no período noturno. O vídeo encerra com a imagem de um trio de amigos que se divertem na noite londrina.

Esse tipo de propaganda já foi visto antes em comerciais de outras empresas, como é o caso da marca Apple, que também fez uma menção de que ideias grandiosas movem o mundo em um vídeo promocional de seu novo MacBrook Pro.

A empresa Absolut espera promover o filme e a sua nova campanha “Create A Better Tomorrow, Tonight”, que em português quer dizer: “Crie o melhor amanhã, nesta noite”. Para a promoção da campanha nas mídias impressas a empresa contará com a participação de artistas como o Stevie Gee, e o Mickalene Thomas. Já nas redes sociais a campanha será retratada pelo ilustrador David Luepschen, pelo músico Nakury e pela fotógrafa Catherine Losing.